Candidato às eleições acusa presidente de «má educação»

Académico 15-06-2019 19:46
Por Pedro Manuel Couto

Ambiente agitado no Fontelo, por causa das eleições para órgãos sociais do Académico de Viseu, que realizam no dia 29 de junho.

 

Acabou mal a reunião tripartida da passada sexta-feira à noite, que juntou Pedro Ruas, Presidente da Mesa da Assembleia Geral do clube viseense, Cristóvão Francisco, representante da candidatura #juntospeloacadémico#, e António Gomes, vice da atual Direção. O encontro servia para discutir assuntos relativos ao sufrágio e consulta dos cadernos eleitorais, mas terá durado apenas dois minutos.

 

Num comunicado, emitido pelo movimento #juntospeloacadémico# são relatados incidentes provocados por António Albino, atual presidente da Direção.

 

Apesar dos acontecimentos, o grupo de associados do Académico garante estar pronto para ir a votos.

 

Eis o comunicado:

«Vêm os sócios do Académico de Viseu Futebol Clube (AVFC) abaixo indicados informar todos os sócios e simpatizantes do Clube do seguinte:

· Decidimos em tempo útil apresentar uma candidatura aos órgãos sociais do Clube nas próximas eleições, sob o lema “#juntospeloacademico”. Tendo de imediato dado início à preparação de todos os processos legais e estatutários necessários;

· Desde o início que sentimos uma animosidade, arrogância e prepotência e, no limite, má-fé na atuação dos atuais órgãos sociais do Clube, nomeadamente por parte da sua Direção e, após o dia de hoje, do Sr. Presidente da mesma;

· Hoje, sexta-feira 14 de junho, deveria ter-se realizado uma reunião tripartida promovida pelo Sr. Presidente da Mesa Da Assembleia Geral, Pedro Ruas, um representante da candidatura “#juntospeloacademico”, Cristóvão Francisco e um representante/membro da atual Direção, António Gomes;

· Tal reunião não se verificou porque a mesma foi intempestiva e abruptamente interrompida logo no seu início, de forma grosseira, prepotente e roçando a “má educação”, pelo atual Presidente da Direção;

· Tal reunião revestia-se de vital importância para a organização do ato eleitoral dada a desorganização dos serviços administrativos do Clube e consequente falta de informação credível e fidedigna, nomeadamente no que respeita aos “cadernos eleitorais”;

· A não realização da referida reunião, com o consequente não esclarecimento de algumas, muitas, dúvidas interfere de forma direta e objetiva na agenda da nossa candidatura, nomeadamente no que se refere ao timing de apresentação dos nomes e rostos que compõem a mesma;

· Como não nos escondemos nem nos amedrontamos, estão os sócios abaixo indicados a dar conta do sucedido e a reiterar a sua, ainda maior, vontade de ir a votos esgotando todas as vias legal e estatutariamente previstas para ir a eleições subscrevendo a candidatura “#juntospeloacadémico”;

Não nos amedrontam, não nos intimidam nem abalam a nossa firme vontade nem a forte confiança e convicção em como estaremos presentes no próximo ato eleitoral, na firme e intransigente defesa do Académico, subscrevendo e dando corpo às seguintes listas de candidatos:»

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias