Trump promulga lei que garante fundo vitalício para vítimas do 11 de setembro

Estados Unidos 29-07-2019 21:27
Por Redação

O presidente norte-americano, Donald Trump, promulgou, esta segunda-feira, uma lei que garante verbas vitalícias para o fundo de compensação às vítimas dos atentados terroristas de 11 de setembro de 2001, acabando com um impasse legislativo de alguns anos.

 

A assinatura da lei, aprovada na semana passada pelo Congresso, ocorreu no Jardim das Rosas na Casa Branca, em Washington, na presença de mais de 60 elementos de forças de segurança e de socorro (bombeiros, polícias, equipas de emergência médica e civis) que estiveram envolvidos nas operações de resgate e de socorro nos vários locais atingidos pelos ataques de 2001, que fizeram quase três mil mortos.

 

A nova lei prolonga o prazo de vigência do fundo criado após os ataques terroristas de 2001 até 2092, tornando-o, na prática, permanente.

 

Esta nova lei surge num momento em que os casos de doenças - como problemas respiratórios, digestivos e vários tipos de cancro, nomeadamente do pulmão - ou de morte entre as pessoas envolvidas nas operações de socorro dos atentados de 2001 têm vindo a aumentar.

 

O fundo de compensação inicialmente estipulado pelas autoridades norte-americanas rondava os 7,4 mil milhões de dólares (cerca 6,6 mil milhões de euros).

 

Com o passar dos anos, a verba começou a revelar-se insuficiente e recentemente os administradores do fundo aplicaram cortes nos pagamentos de benefícios, em alguns casos até 70%.

 

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais

Últimas Notícias