Presidente quer vender reserva de marfim avaliada em €527 milhões

Zimbabwe 24-06-2019 22:39
Por Redação

O presidente do Zimbabué, Emmerson Mnangagwa, anunciou que quer vender a reserva de marfim de elefante e de rinoceronte do país, avaliada em 527 milhões de euros, para financiar parques nacionais.

 

Numa conferência sobre vida selvagem na cidade de Victoria Falls, no sul do país, Mnangagwa disse que o Zimbabué continua a «exigir o livre comércio de produtos de caça pelo impacto significativo que tem nas economias nacionais e locais» de vários países.

 

Na mesma intervenção, o chefe de Estado assinalou. «Se pudéssemos vendê-los em condições aceites por todos, os lucros desta venda seriam suficientes para financiar os nossos esforços no que concerne à proteção da vida selvagem nas próximas duas décadas», frisou.

 

De acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza, nos últimos 10 anos, a população de elefantes africanos caiu de 415.000 para 110.000 exemplares.

 

Cerca de 40.000 elefantes africanos são mortos em caça furtiva todos os anos.

Ler Mais

Últimas Notícias