ADN confirma morte de líder extremista

Filipinas 15-04-2019 10:04
Por Redação

O resultado dos testes de ADN permitiu às autoridades filipinas anunciaram a morte do líder do grupo extremista Maute, ligado ao Estado Islâmico.

 

«Está confirmado, é o corpo de Abu Dar. De momento, o grupo Maute ficou sem liderança», disse o secretário de Defesa das Filipinas, Delfin Lorenzana, numa mensagem replicada em vários órgãos de comunicação locais.

 

Abu Dar morreu em combate contra as forças armadas na província de Lanao del Sur, em Maute, mas as autoridades preferiram aguardar pelo resultados dos testes de ADN até anunciarem a sua morte.

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais

Últimas Notícias