Portugal candidata-se para receber maior evento LGBTI da Europa em 2022

Sociedade 11-01-2019 17:00
Por Redação

Todos os anos, uma cidade europeia organiza o maior evento LGBTI da Europa, que integra conferências, concertos e uma Marcha Pride, para celebrar o orgulho LGBTI (Lésbico, Gay, Bissexual, Transexual e Intersexual). E Portugal vai candidatar-se para receber a edição de 2022 do EuroPride.

 

A carta de intenções vai ser entregue na próxima sexta-feira, numa candidatura conduzida pela Variações-Associação de Comércio e Turismo LGBTI de Portugal , com apoio da ILGA Portugal e do governo português.

 

Portugal avança com uma candidatura de 10 dias, em setembro de 2022, que envolve pelo menos Lisboa e do Porto, o que poderá atrair ainda mais visitantes às duas metrópoles – o evento atrai, em média, meio milhão de pessoas à cidade que o organiza.

 

O EuroPride teve a primeira edição em 1992, em Londres.

 

Até agora, 2007 foi a edição com mais sucesso - Madrid recebeu mais de 2,5 milhões de visitantes - no ano passado, realizou-se em Estocolmo e Gotemburgo, na Suécia.

 

Este ano, será em Viena, Áustria, seguindo-se Salónica/Grécia (2020) e Copenhaga/Dinamarca (2021).

 

Na corrida para receber o EuroPride em 2022, Portugal concorre com Barcelona (Espanha), Maspalomas (ilhas Canárias/Espanha) e Belgrado (Sérvia).

 

O anfitrião é conhecido em setembro deste ano.

Ler Mais

Últimas Notícias