'Upskirt’ passa a ser crime

Inglaterra 12-09-2018 21:11
Por Redação

Os casos de Upskirt, termo em inglês que define o ato de fotografar ou filmar por baixo das saias das mulheres ou levantando-lhes as saias em espaços públicos, têm-se multiplicado na Europa, o que está a preocupar vários países.

 

Por isso, em Inglaterra, o projeto de lei que especifica este ato como uma ofensa sexual foi aprovado, numa grande conquista para os que defendem esta ideia e também para as vítimas. 

 

No entanto, nem todos encaram o fenómeno da mesma forma e, em junho, uma proposta de lei do género que previa penas de prisão até dois anos, apresentada pela deputada liberal Wera Hobhouse, foi vetada pelo deputado do Partido Conservador Christopher Chope. 

 

Os relatos deste tipo de assédio multiplicam-se e, recentemente, um homem de 47 anos foi preso num comboio com destino a Londres.

 

A polícia recebeu o alerta de que o homem estava a tirar fotografias a passageiras do comboio e deteve-o de imediato - o seu telemóvel foi confiscado e, quando interrogado pelas autoridades, assumiu que tinha como hábito fotografar e filmar mulheres em transportes públicos e, em particular, nas escadas rolantes.

 

Inglaterra juntou-se, assim, à Escócia, onde o ato de fotografar mulheres levantando-lhes as saias sem o seu consentimento já é considerado ilegal desde 2009.

Ler Mais

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais