Max Verstappen: «Estou feliz onde estou e quero ganhar com a Red Bull»

Fórmula 1 12-11-2019 17:35
Por Redação

O piloto holandês, Max Verstappen, esteve à conversa com o jornal italiano Corriere della Sera, onde abordou o seu futuro na Red Bull.

 

«Estou feliz onde estou e quero ganhar com a Red Bull, é a equipa que me permitiu estrear na Fórmula 1, existe uma lealdade para com a equipa, aqui sinto-me em casa, não hipoteco o futuro, mas hoje a situação é esta» esclareceu.

 

Verstappen, também falou acerca do domínio da Mercedes e a sua relação com o hexacampeão do mundo, Lewis Hamilton, face a comentários anteriormente.

 

«Se há algo que disse é que o Lewis é muito especial e um dos melhores pilotos de sempre. Mas acrescentei que qualquer piloto depende do carro. Se o Alonso estivesse na Mercedes teria sido campeão do mundo. A sorte conta quando chegas a uma equipa e esta torna-se dominante, ou quando vais para uma equipa no momento errado e não consegues ganhar. Isto não quer dizer que não tenhas valor. Nós nunca lutamos, falamos, temos respeito um pelo o outro. Estamos dedicados a resolver os problemas entre nós, de forma discreta, Lewis mais tarde ou mais cedo vai retirar-se, mas essa decisão vai depender da equipa e não dele. Se a Mercedes continuar a dominar os monolugares, não vai sair tão cedo.»

 

Quanto à concorrência direta, o piloto holandês analisou da seguinte maneira: «A luta é mais difícil com os veteranos porque são menos previsíveis, enquanto aqueles com os quais já competiste nas categorias inferiores e nos karts, já sabes mais ou menos o que valem.»

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias