G.P. da Grã-Bretanha: Bottas na ‘pole’ por 0,006 s!

Fórmula 1 13-07-2019 15:34
Por José Caetano

Valtteti Bottas garantiu a ‘pole position’ para o G.P. da Grã-Bretanha, 10.ª etapa do Mundial de F1 de 2019. O finlandês percorreu os 5,891 km de Silverstone em 1.25,093 m e impediu que o companheiro de equipa, Lewis Hamilton, arrancasse pela 5.ª vez consecutiva da 1.ª posição da grelha de partida na corrida ‘doméstica’, derrotando-o por 0,006 s! Na 3.ª posição, a 0,079 s do piloto do Mercedes #77, Charles Leclerc a Ferrari, que voltou a impor-se ao alemão Sebastian Vettel, apenas 6.º, a 0,694 m do autor do melhor tempo da sessão e atrás dos Red Bull-Honda de Max Verstappen e Pierre Gasly.

 

A qualificação decidiu-se apenas no final da sessão, sob bandeira de xadrez, com Bottas a protagonizar tempo-canhão, conseguido registo muito melhor que o recorde de Lewis Hamilton na qualificação de 2018 (1.25,892 m). Para o finlandês de 29 anos, 4.ª ‘pole position’ da temporada (Grã-Bretanha depois de China, Azerbaijão e Espanha) e 10.ª da carreira na F1.

 

Bottas nunca ganhou o G.P. da Grã-Bretanha, ao contrário de Hamilton, que aparece no topo da lista dos pilotos com mais vitórias na corrida britânico (cinco), ao lado de Jim Clark e Alain Prost. O ano passado, o britânico arrancou de 1.º, mas toque de Kimi Räikkönen na 1.ª volta ‘atirou-o’ para a 18.ª posição. Depois, após recuperação incrível, 2.ª posição na corrida, atrás de Sebastian Vettel.

 

Giovinazzi, Räikkönen, Sainz, Grosjean e Peres foram eliminados na Q2 e Magnussen, Kvyatt, Stroll, Russell e Kubica não passaram da Q1.

 

Qualificação e grelha de partida provisória

1.º Valtteri Bottas, Mercedes, 1.25,093 m

2.º Lewis Hamilton, Mercedes, +0,006 s

3.º Charles Leclerc, Ferrari, +0,079 s

4.º Max Verstappen, Red Bull-Honda, +0,183 s

5.º Pierre Gasly, Red Bull-Honda, +0,497 s

6.º Sebastian Vettel, Ferrari, +0,694 s

7.º Daniel Ricciardo, Renault, +1.089 s

8.º Lando Norris, McLaren-Renault, +1,131 s

9.º Alexander Albon, Toro Rosso-Honda, +1,252 s

10.º Nico Hulkenberg, Renault, +1,293 s

11.º Antonio Giovinazzi, Alfa Romeo-Ferrari, +1,293 s

12.º Kimi Räikkönen, Alfa Romeo-Ferrari, +1,453 s

13.º Carlos Sainz Jr. McLaren-Renault, +1,485 s

14.º Romain Grosjean, Haas-Ferrari, +1,664 s

15.º Sergio Perez, Racing Point-Mercedes, +1,835 s

16.º Kevin Magnussen, Haas-Ferrari, +1,569 s

17.º Daniil Kvyat, Toro Rosso-Honda, +1,628 s

18.º Lance Stroll, Racing Point-Mercedes, +1,669 s

19.º George Russell, Williams-Mercedes, +2,696 s

20.º Robert Kubica, Williams-Mercedes, +3,164 s

 

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias