João Grilo (Sporting) conquista 5.ª ESC Online Masters de Pool PT

Bilhar 02-02-2019 23:24
Por António Barroso

O atleta João Grilo, do Sporting, de 28 anos, licenciado em Desporto e natural de Fernão Ferro (Seixal), conquistou na noite deste sábado o 5.º ESC Online Masters de Pool Português (PT), prova de elite da época 2018/2019 que reúne os 12 primeiros do ranking e organizada pela Federação Portuguesa de Bilhar, ao vencer por 5-2 Américo Francisco (CF Marecos, de Penafiel) na final do torneio, no pavilhão Multiusos de Soure, prova que A BOLA TV transmitirá oportunamente.

 

É a terceira vitória do categorizado internacional português em cinco Masters da época, a provar ser um especialista maior nesta variante do bilhar, a mais praticada em Portugal (mesas mais pequenas, embolsar um conjunto de sete bolas numeradas, ou da 1 à 7, ou da 9 à 15, e a bola preta, com o número 8, no final). Na primeira fase da competição, e no Grupo 1, João Grilo até entrou mal, a perder (3-4) diante de Joaquim Cardoso (SC Braga). Mas a vitória sobre Hugo Saraiva (CF Marecos), por 4-1, permitiu-lhe uma das duas vagas para os quartos de final da competição, já a eliminar diretamente.

 

Nos quartos de final, João Grilo superiorizou-se ao vencedor do 1.º ESC Online Masters, Bruno Rocha (Nazarenos), por 5-1, para, nas meias-finais, bater Bruno Sousa (Academia de Bilhar HotShot) 5-2… antes de despachar a final em meros… 32 minutos!

 

O 6.º e 7.ª ESC Online Masters de Pool PT da FPB estão já agendados para 9 e 30 de março, em local ainda a decidir, com Ílhavo, Aveiro e Óbidos na corrida a receber os ases lusos dos panos azuis, torneios com os 12 melhores do pool nacional que A BOLA TV também irá transmitir.

 

Na prova que este sábado decorreu em Soure, ainda no Grupo 1, além do sportinguista, também Joaquim Cardoso (SC Braga) seguiu para os quartos de final, ao vencer Hugo Saraiva (CF Marecos) por 4-2. Cardoso caíria nos quartos de final às mãos de João Sousa, da Académica de Coimbra, por 1-5.

 

No Grupo 2, Pedro Pereira (SC Braga) e Alexandre Teixeira (Leixões) conseguiram as duas vagas para a fase seguinte, no sistema habitual dos Masters: quatro grupos com três jogadores, e os dois primeiros a seguirem para os quartos de final. Pedro Pereira começou por vencer António Neves (HotShot), por 4-0, e depois Alexandre Teixeira (Leixões) por 4-2.

 

O matosinhense carimbou o passaporte para a fase seguinte ao vencer António Neves por 4-2, mas Alexandre Teixeira cairia, também, nos quartos de final, diante de Bruno Sousa (HotShot), por 1-5, enquanto Pedro Pereira foi eliminado sem piedade por Américo Francisco (CF Marecos) também nos quartos (0-5).

 

No Grupo 3, João Sousa (Académica) e Bruno Rocha (Nazarenos) foram os apurados. Sousa entrou a perder (3-4) diante de Telmo Torres (CF Marecos), mas vitória também tangencial, por 4-3, ante Bruno Rocha (Nazarenos) permitiu-lhe seguir em prova em Soure, tal como este seu último adversário, que venceu Telmo Torres por 4-1. Nos quartos de final, Bruno Rocha caiu, como atrás ficou referido, às mãos do futuro campeão, João Grilo (1-5), enquanto João Sousa bateu Joaquim Cardoso (SC Braga) por 5-1, para, nas meias-finais, o atleta dos estudantes ser travado por Bruno Sousa (HotShot), derrotado por 1-5.

 

Por fim, no Grupo 4, Américo Francisco (CF Marecos) esteve muito perto de juntar o seu nome ao dos consagrados vencedores do torneio: bateu Bruno Sousa (HotShot) por 4-0 e João Moura (Monumental Academy, Coimbra) por 4-1, com Bruno Sousa a garantir a segunda vaga na fase seguinte ao vencer João Moura, por 4-2.

 

Nos quartos de final, Américo Francisco cilindrou Pedro Pereira (SC Braga) por 5-0, para derrotar João Moura por 5-2 nas meias-finais mas não conseguiu evitar o desaire com o sportinguista João Grilo na final (2-5). Já Bruno Sousa venceu nos quartos de final o leixonense Alexandre Teixeira por 5-1, mas teve como carrasco na prova também o seu rival do Sporting, João Grilo, que colocou um ponto final nas suas aspirações (1-5)

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias