Allen junta-se a Ronnie, Wilson e Murphy nas ‘meias’ da Champions

Snooker 08-11-2018 21:05
Por António Barroso

O norte-irlandês Mark Allen, de 32 anos e sétimo do ranking, garantiu na noite desta quinta-feira a última vaga nas meias-finais da Champion of Champions, prova da época 2018/19 da World Snooker a decorrer até dia 11 do corrente mês em Coventry (Inglaterra), ao vencer o australiano Neil Robertson, de 36 anos, 11.º da hierarquia (e campeão mundial em 2010) por 6-1, na final do Grupo 2 do torneio.

 

No duelo com os mesmos protagonistas da final do International Championship, no último dia 4 do corrente mês (domingo), em Daqing – já tinha ganho Allen, vencedor do último Masters, a Robertson (vencedor do Masters de Riga) na China, então, por 10-5, no domingo - o norte-irlandês entrou melhor, chegou a 2-0 e a 3-1 ao intervalo para voltar a demonstrar temível apuro de forma e selar a presença nos quatro melhores em Coventry, Impressionante The Pistol: cinco centenárias (tacadas de 100 ou mais pontos) num só dia, duas diante do inglês Barry Hawkins (4-2), à tarde, mais três à noite diante de Neil Robertson. Um festival a embolsar bolas: na sua melhor forma de sempre, arriscamos.

 

À espera de Allen estava já, desde quarta-feira, na meia-final a jogar sábado, o inglês Kyren Wilson, sensacional triunfador do seu grupo com triunfos expressivos sobre o galês campeão do Mundo, Mark Williams de 43 anos, segundo da hierarquia (4-1), e sobre o seu compatriota Judd Trump, de 29 anos, quinto da tabela, por 6-1.

 

Apesar de eliminado, destaque para a segunda vitória, em poucos dias, também, de Neil Robertson sobre o número um desde há quatro anos (e tricampeão mundial, em 2014, 2016 e 2017), o inglês Mark Selby, de 35 anos: 4-3 para o australiano logo a abrir o Grupo 2, mesmo com Selby a conseguir a perfeição, a tacada máxima, de 147 pontos – 15 vermelhas e 15 bolas pretas, 36 de rajada sem falhar uma nos buracos – no segundo parcial, para, então empatar 1-1.

 

Depois dos 6-4 em Daqing, nos quartos de final do International Championship, este mês, Neil voltou a ser melhor, restando a Selby a consolação da perfeição… que não chegou para seguir em prova. Horas depois, mesmo caminho para o australiano…

 

Na outra meia-final, primeira a jogar-se, na sexta-feira, reencontram-se os protagonistas da final de 2017 da prova na Ricoh Arena: os ingleses Shaun Murphy, de 36 anos, 10.º da hierarquia, campeão mundial em 2005 e vencedor do Grupo 1 – que defende o título – e Ronnie O’Sullivan, de 42 anos, terceiro do ranking e já pentacampeão mundial (2001, 2004, 2008, 2012 e 2013).

 

Na anterior edição da Champion of Champions, Murphy venceu o Rocket por 10-8 na final, mas Ronnie quer chegar à sua quinta final nos últimos seis anos: ganhou o torneio em 2013 e 2014, perdeu as finais de 2016 e 2017. E demonstrou, com seis centenárias (entradas de 100 ou mais pontos sem falhar uma bola) num dia, terça-feira – duas nos 4-2 a Stuart Bingham e quatro no duelo com o escocês John Higgins (6-3) estar em forma: soma 963, está a 37 das mil na carreira. Incrível.

 

A Champion of Champions é reservada pela World Snooker a vencedores de provas do último ano e melhores colocados da hierarquia, e não pontua para o ranking (sem transmissão televisiva para Portugal) com oito cabeças de série e outros oito jogadores sorteados por quatro grupos, fase que se concluiu esta quinta-feira.

 

Os vencedores dos quatro grupos defrontam-se agora nas meias-finais da prova, na Ricoh Arena, à melhor de 11 frames, até um vencer seis (de 6-0 a possíveis 6-5): Shaun Murphy, do Grupo 1, defronta Ronnie O’Sullivan (Grupo 4) na sexta-feira, dia 9, enquanto Kyren Wilson (Grupo 3) – três ingleses, a registar…- mede forças com Mark Allen (Grupo 3) no sábado, dia 10.

 

Os vencedores das meias-finais disputam domingo, dia 11 do corrente mês, a final da Champion of Champions, a jogar à melhor de 19 frames, com o campeão a ter de vencer dez (de 10-0 a possíveis 10-9) e a levar para casa 100 mil libras (114.640 euros), de um total de 370 mil libras (424.168 euros) de prémios distribuídos no torneio.

 

Champion of Champions, Grupo 2, esta 5.ª feira (apurados a negro):

Mark Selby-Neil Robertson, 3-4

Barry Hawkins-Mark Allen, 2-4

Neil Robertson-Mark Allen, 1-6

 

Grupo 1:

Shaun Murphy-Jimmy Robertson, 4-2

Ding Junhui-Michael Georgiou, 4-2

Shaun Murphy-Ding Junhui, 6-3

 

Grupo 3:

Mark Williams-Kyren Wilson, 1-4

Judd Trump-Luca Brecel, 4-1

Kyren Wilson-Judd Trump, 6-1

 

Grupo 4:

Ronnie O’Sullivan-Stuart Bingham, 4-2

John Higgins-Ryan Day, 4-3

Ronnie O’Sullivan-John Higgins, 6-3

 

Meias-finais (hora local e portuguesa):

Ronnie O’Sullivan-Shaun Murphy (sexta-feira, 19 horas)

Mark Allen-Kyren Wilson (sábado, 19 horas)

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias