Thiago Almada quer salário de craque

Sporting 19-07-2019 08:44
Por Eduardo Marques

Sporting, Manchester City e Vélez Sarsfield continuam sem chegar a acordo quanto ao valor a fixar pelos direitos económicos de Thiago Almada, 18 anos, mas o clube português já sabe que o médio-ofensivo/extremo pretende auferir um salário de craque caso os clubes cheguem a acordo para a sua transferência. Se no atual clube Thiago Almada recebe um vencimento muito baixo até para os valores que são praticados no futebol argentino - segundo apurou o nosso jornal, aufere cerca de 200 mil euros por ano -, vê na sua futura transferência para o futebol europeu a possibilidade de ganhar um vencimento muito superior e, segundo fonte próxima do jogador, pretende auferir cerca de dois milhões de euros livres de impostos por temporada.


Um salário de craque, no caso do Sporting ao nível do que recebem os melhores jogadores do plantel, mas que poderá não ser um obstáculo à sua contratação caso a SAD consiga resolver alguns dossiers ainda pendentes e que permitirão reduzir e muito a atual folha salarial. Por outro lado, sabe-se que a contratação de Thiago Almada será feita no âmbito da parceria com o Manchester City, ou seja, com investimento no passe do jogador a ser suportada por ambos os clubes, e com isso a possibilidade de o clube inglês comparticipar também com parte do seu vencimento.

Contudo, a questão salarial de Thiago Almada  será sempre uma questão para resolver à posteriori, já que a prioridade passa mesmo por tentar chegar a acordo com o Vélez quanto aos valores envolvidos na transferência do jogador. Os responsáveis do clube argentino mantêm-se intransigentes quanto ao valor da atual cláusula de rescisão (16 milhões de euros) e continuam a resistir na tentativa de tentar rentabilizar ao máximo aquele que é considerado com a joia da coroa do plantel de Gabriel Heinze. Por um lado pressionam com o facto de terem quase tudo acertado para a renovação contratual com o jogador, oferecendo-lhe um salário mais elevado e subindo a clausula de rescisão para os €25 milhões. Por outro, jogam com alguma folga financeira que têm neste momento pela venda do avançado Matías Vargas para o Espanhol de Barcelona (€10,5 M), embora tendo consciência de que necessitam de realizar mais dinheiro neste mercado.

O FUTURO COM O NOSSO PASSADO


Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo de qualidade que se faz da grande história, da investigação e da grande reportagem – nós temos esse jornalismo (o jornalismo que fez com que se falasse de A BOLA como a Bíblia) para lhe continuar a dar.

Porque A BOLA não quer que o jornalismo deixe de ser o jornalismo do texto criativo e sedutor e da opinião acutilante que não se faz de cócoras ou de mão estendida – nós temos esse jornalismo para lhe continuar a dar…

… e para nos ajudar a manter e a melhorar esse jornalismo sério e independente com o timbre de A BOLA,

Junte-se a nós nesse novo desafio ao futuro, tornando-se nosso assinante.

ASSINE AQUI

A Edição Digital de A Bola

Ler Mais
Comentários (54)

Últimas Notícias