«City e PSG deviam ser irradiados do futebol europeu»

Espanha 21-05-2019 14:10
Por Redação

Manchester City e Paris Saint-Germain parecem reunir cada vez menos simpatizantes entres os históricos grandes do Velho Continente. Os dois principais dos ‘novos ricos’ encontram-se a contas com o fair-play financeiro da UEFA, e incorrem no risco de vir a sofrer sanções graves por parte do organismo.

 

Javier Tebas, homem-forte que tem vindo a gerir o futebol espanhol durante os últimos seis anos, apontou severamente o dedo aos dois emblemas, e deixou o alerta aos restantes grandes europeus para o mal que City e PSG estão a fazer ao futebol com os gastos milionários que têm realizado.

 

«Há clubes que não se importam sequer com o seu teto orçamental quando pretendem contratar um jogador. Isso força os outros clubes a viverem numa realidade de pressão económica constante para poderem competir com eles, o que acaba por estragar por completo a balança de todo o futebol europeu», afirmou Javier Tebas em declarações reproduzidas The Guardian.

 

«Isto já não é um desporto, nem sequer uma indústria. Tornou-se mais um brinquedo, uma brincadeira para o estado. E quando assim é, as crianças começam a brincar umas com as outras. Acabam por estragar o sistema todo», completou.

Ler Mais
Comentários (28)

Últimas Notícias