Três seguranças de Wimbledon detidos por rixa

TÉNIS 07-07-22 5:14
Por Redação

Um trio de seguranças privados destacados para o torneio de ténis de Wimbledon foi detido esta quinta-feira, após desacatos e uma rixa entre o trio, com agressões verbais e físicas pelo meio, ocorrida sexta-feira, dia 1 do corrente mês.

A altercação da ordem pública ocorreu, soube-se esta quinta-feira, nas instalações do torneio de ténis do Grand Slam, confirmou a Metropolitan Police londrina, e, acrescenta esta quinta-feira o diário The Guardian, «aconteceu na frente e presenciada pelos adeptos», tendo, alegadamente, sido espoletada, de acordo com os relatos do diário britânico, por um dos seguranças acusar um dos companheiros de «ter feito uma pausa de três horas» no serviço.

«Às 14 horas de sexta-feira, 1 de julho, agentes de serviço em Wimbledon foram alertados para uma altercação entre os courts, à qual a acorreram. Três suspeitos de desacato foram detidos sob a acusação de rixa pública», reda a nota da polícia.

«Não há registo de quaisquer lesões. Os três foram levados sob custódia e vão permanecer a aguardar julgamento, a ocorrer ainda neste mês, em liberdade, após terem sido soltos mediante o pagamento de fianças», acrescenta ainda o comunicado da polícia britânica sobre o incidente.

Um porta-voz da empresa à qual foram contratados os vigilantes de Wimbledon, a Knights Group Security, admitiu à CNN International que «a altercação é embaraçosa» e em nada abona a companhia: «Andarem a lutar à frente dos fãs não é bom. Mancharam a reputação da empresa. Nem acreditamos que tenham feito uma coisa destas!»