Esqueceram-se de Cancelo mas 74 mil estiveram no primeiro dia do Rock in Rio (veja as fotos)

MÚSICA 19-06-22 11:34
Por Redação

Após quatro anos de interregno, com adiamentos devido à pandemia de Covid-19, o Rock in Rio voltou ao Parque da Bela Vista, em Lisboa. No primeiro de quatro dias da 9.ª edição no nosso País, o festival contou com 74 mil pessoas, segundo números da organização.Os britânicos Muse eram os mais esperados e não defraudaram as expectativas, pese embora a chuva que caiu ao longo da hora e meia da sua atuação. Arrancaram com o novíssimo Will of the People, passaram pelos inevitáveis Hysteria, Psycho aos grandes hits Time is Running Out, Uprising e Starlight. Matt Bellamy arranhou até Rage Against the Machine terminando tudo num grande espetáculo de fogo de artificio.O relógio pouco passava das 00.30 horas, tinham passado mais 12 horas de festa, com muitos momentos carregados de simbolismo. Simone de Oliveira, uma das lendas vivas da música portuguesa, subiu ao Palco Mundo para relembrar a importância da união e, logo de seguida, cumpriu-se um minuto de silêncio pela paz.O palco principal abriu com os Xutos & Pontapés (presentes nas nove edições do RiR), seguiu-se Liam Gallagher. Longe dos tempos dos Oasis, confesso adepto do Manchester City, falou sobre Bernardo Silva e Rúben Dias, esquecendo-se de João Cancelo. The National fez a transição para os Muse. Muita música mais houve pelos outros palcos do recinto, com destaque para os portugueses The Black Mamba e Linda Martini, assim como para os brasileiros Ego Kill Talent, entre vários outros talentos emergentes.A festa prossegue este domingo, com Black Eyed Peas, Ivete Sangalo, Ellie Goulding. E no próximo fim de semana haverá Duran Duran, A-ha Anita, Jason Derulo e Post Malone. Música, mas também muita diversão.Veja as fotos na galeria em cima (créditos I Hate Flash)