Real Madrid é campeão europeu: eficácia de Vinícius e mãos de aço de Courtois

LIGA DOS CAMPEÕES 28-05-22 10:35
Por Redação

Um golo de Vinícius perto da hora de jogo, ao minuto 59, foi suficiente para o Real Madrid vencer o Liverpool e conquistar a Champions pela 14.ª vez no historial.

Numa final que começou com quase 40 minutos de atraso por motivos de segurança, o Liverpool dominou a primeira parte, criou uma ou outra oportunidade (a melhor foi de Mané aos 20 minutos, remate para enorme defesa de Courtois com a bola ainda a bater no poste), mas o intervalo chegou com o nulo no marcador não sem antes Benzema, ao minuto 42, ter introduzido a bola na baliza de Alisson, lance anulado por fora de jogo do avançado francês.

Na segunda parte, o Real Madrid entrou melhor, equilibriou, começou a ter mais bola e aos 59 adiantou-se no marcador: lance na direita de Valverde, cruzamento (que mais pareceu um remate) para o segundo poste, onde Vinícius Júnior, completamente sozinho, encostou para o fundo da baliza.

Estava o Real Madrid na frente e com isso ficou ainda mais confortável em campo. O Liverpool reagiu e a melhor oportunidade surgiu aos 83 minutos, quando Salah obrigou Courtois, de longe o melhor em campo, a brilhar. Diogo Jota entrou aos 62’, mas o português não conseguiu inscrever o nome na lista de vencedores do troféu, que pela 14.ª vez ficou em posse do Real Madrid.