«A classificação não vale nada»

PALMEIRAS 22-05-22 8:41
Por Redação

No final da vitória, por 3-0, em Caxias do Sul, sobre o Juventude, Abel Ferreira, técnico do Palmeiras, estava feliz mas alertou para os perigos da temporada.

«Fomos muito consistentes com e sem bola e justos vencedores. Disse à imprensa que este campeonato e a época iam ser um mistério, uma coisa nova [pela quantidade de jogos]. Estamos há quase dois anos neste ritmo e vamos ver. Os jogadores têm correspondido, mas temos muitos lesionados também. A equipa continua a dar uma boa resposta. Todos juntos são importantes. Preciso deles todos», reiterou o treinador português.

Quanto à temporada, Abel Ferreira mostrou pés assentes no chão e deixou elogios aos adversários, entre os quais os compatriotas Vítor Pereira, Paulo Sousa e Luís Castro: «Sabemos o que é uma maratona. Olhar para a classificação agora não vale nada. É jogo a jogo. Temos a intenção de lutar pelo título, mas outros também querem. O Botafogo tem bons jogadores, bom treinador [Luís Castro], tempo para treinar. Quase todas as outras equipas estão em mais competições. O São Paulo está bem, o Corinthians [Vítor Pereira], também. Quanto ao Flamengo [Paulo Sousa], as diferenças recuperam-se rapidamente, é um gigante que qualquer hora aparece. Temos de fazer o nosso caminho e ir somando pontos.»

Em suma, o técnico luso mostrou-se pragmático na abordagem ao título: «Queremos ganhar a cada jogo, mas também empatamos e queremos somar pontos. E queremos ter exibições consistentes em todos os momentos. Digo muitas vezes aos jogadores que o talento nos traz ao Palmeiras, a um clube de topo, mas são o esforço e a consistência nos mantêm aqui.»