«Não vi esta postura quando os destruí na final da Champions»

MANCHESTER CITY 14-05-22 11:36
Por Redação

Mais irritado era impossível. Pep Guardiola reagiu ás críticas de ex-jogadores do rival da cidade ao desempenho do Manchester City nas meias-finais da Liga dos Campeões, que teve como consequência a passagem do Real Madrid ao jogo decisivo, a 28 de maio do Stade de France (Paris), frente ao Liverpool.

O treinador de Rúben Dias, João Cancelo e Bernardo Silva foi particularmente incisivo na resposta.

«Temos o mesmo caráter e personalidade, apesar de perdemos em Madrid nos últimos dois ou três minutos. Como 'especialistas' em futebol, ex-jogadores como Berbatov ou Patrice Evra tem direito à sua opinião. Joguei contra eles e não vi neles este tipo de postura quando os destrui, quando os destruímos, na final da Liga dos Campeões contra o Manchester United», atirou Pep, recordando o Barcelona-Manchester United de 2008/2009 (2-0), no Olímpico de Roma, em que Berbatov e Evra representavam a equipa de Old Trafford.

O catalão considera que não há diferenças entre os jogadores que caíram de forma inglória no Santiago Bernabéu e aqueles que lutam pelo título da Premier League.

«Temos o mesmo caráter e personalidade. Não podem dizer que, quando sofremos dois golos num minuto depois de termos duas oportunidades para marcar, não temos personalidade e somos como bebés, e que temos uma personalidade incrível quando marcamos 22 golos em quatro jogos», finalizou, visivelmente incomodado com as críticas recentes dos referidos jogadores.