Abel Ferreira descarta seleção e faz pedido aos adeptos

PALMEIRAS 12-05-22 10:44
Por Redação

Após a vitória do Palmeiras frente ao Juazeirense, por 2-1, que valeu passagem aos oitavos de final da Taça do Brasil (registou-se o mesmo resultado no jogo da primeira mão), Abel Ferreira, em conferência de imprensa, descartou a seleção brasileira, elogiou Danilo e fez um pedido aos adeptos.«Quando vaiam um jogador, vaiam o Palmeiras. Quando aplaudem um jogador, aplaudem o Palmeiras. O que peço é que, se no final do ano não estiverem satisfeitos com o treinador, ele vai-se embora. A minha tarefa enquanto treinador é dar-lhes indicações sobre o que fazerem em todo jogo. Dentro do campo a responsabilidade é de todos, mas, de resto é minha», começou por dizer o treinador português.Sobre a chamada de Danilo à seleção do Brasil, Abel Ferreira foi perentório: «Está aí a prova que eu e o clube pensamos no 'nós'. Se fosse para pensar no Palmeiras, o clube não tinha tomado a decisão de libertar o jogador. O clube pensou naquilo que é melhor para a seleção brasileira. Eu não sou o treinador da seleção brasileira, nem quero ser. Sou muito novo para isso. O selecionador [Tite] é quem escolhe. Escolheu e nós temos os jogadores disponíveis. É um jogador [Danilo] fora de série. Quando chegámos, começámos a apostar nele. Mas, a oportunidade dele não é só de agora, é dos treinos diários. O meu critério de escolha não tem a ver com a idade, nem se é da formação ou contratado, tem a ver com o esforço diário, com a exigência de treino.»