Miquissone pode ser o primeiro moçambicano na final da Champions de África

MOÇAMBIQUE 11-05-22 11:11
Por Álvaro da Costa, Maputo

Luís Miquissone está muito perto de se tornar no primeiro jogador moçambicano a disputar uma final da Liga dos Campeões Africanos, isto depois do ‘seu’ Al Alhy, do Egipto, ter recebido e goleado o ES Sétif, da Argélia, por 4-0, na primeira 'mão' das meias-finais. 

Para assinalar esse feito histórico, o Al Ahly pode até empatar na Argélia ou mesmo perder desde que não seja por mais de três golos.

O extremo moçambicano, de 24 anos, está, para quem não sabe, a cumprir no Al Ahly, atual campeão africano, a primeira época.

Não tendo o estatuto de titular, Miquissone tem sido quase sempre utilizado por Pitso Mosimane, técnico sul-africano que orienta os Diabos Vermelhos.

Na partida frente ao ES Sétif entrou aos 68 minutos.

O jogo da segunda mão está marcado para o próximo domingo. 

Na outra meia-final, vão estar frente a frente Wydad AC (Marrocos) e Petro de Luanda (Angola).