Uncharted: Coleção Legado dos Ladrões é o novo tesouro da PS5

JOGOS 28-01-22 6:43
Por Redação

A Naughty Dog decidiu trazer para a Playstation 5 os conhecidos jogos da geração passada: Uncharted 4: A Thief’s End e Uncharted: The Lost Legacy, que estavam disponíveis apenas na Playstation 4. O conceituado estúdio da Sony aproveitou o poder gráfico, sonoro e do novo comando (Dualsense) para recriar os jogos provavelmente como inicialmente pretendia, porque anteriormente teve de adaptar as suas expetativas às capacidades da PS4. Agora, na PS5, o jogador irá encontrar os dois jogos mais próximos daquilo que seria a ideia inicial da ND.

A principal diferença é o aumento de resolução, da qualidade gráfica, e o aumento substancial da qualidade a nível da jogabilidade. Todos os jogos anteriores da conhecida franchise estavam bloqueados a 30 frames por segundo e não chegavam a 4k em termos de resolução. Agora, o gamer vai ter três hipóteses para jogar. A primeira é o modo fidelidade que chega aos 4k a 30 frames, onde encontramos os gráficos mais estonteantes e os melhores efeitos. Depois, temos o modo performance, onde a resolução baixa para os 1440p, mas os frames passam dos 30 para os 60, ou seja, dobra esse aspeto. Embora a resolução baixe as diferenças para a opção 4k não são tão grandes como seria esperar, mas isso também estará ligado à qualidade do trabalho feito pela Naugthy Dog em termos da imagem.

O último modo de jogo é o performance + e para ter acesso a este modo o jogador terá de ter uma televisão capaz de rodar a 120 frames e ter uma entrada HDMI 2.1. Qual é a novidade que encontramos aqui? É o facto de o jogo atingir a impressionante marca de 120 frames. A jogabilidade é impressionante as reações são super rápidas, mas para chegar a esta velocidade a ND teve de baixar a resolução para 1080p. Ainda assim, depois de ter jogado as três versões, tenho de admitir que fiquei impressionado com esta opção. Se já achava que a partir de agora a Naughty Dog tem de incluir sempre os 60 frames, a opção 120 também terá de estar presente. Ainda assim, aqueles não têm uma tv que permita os 120 frames vão ficar muito impressionados com os 60 frames, porque em termos gráficos continua acima da média e a jogabilidade é substancial melhor do que a versão 30 frames.

As evoluções presentes na versão PS5 de ambos os jogos não se ficam por aqui. As capacidades de carregamento são incrivelmente rápidas. Ao contrário do que acontecia nas versões anteriores. Naqueles sítios onde estamos constantemente a morrer, falhar o salto, a tentar chegar ao outro lado, é muito bom «loading» ser praticamente imediato. Mantém em alta o ritmo com que estamos a jogar.

O som também evoluiu e especialmente para aqueles que já têm os auscultadores da Sony. Realmente vão ouvir a diferença que traz à imersão no jogo. É claro que a integração do comando Dualsense também é um aspeto positivo e todos aqueles que já o experimentaram sabem da diferença existente para o DS4 da PS4.

No que diz respeito à história dos jogos. UC4, que saiu em 2016, gira em torno da aventura entre Nathan Drake, o protagonista, e o aparecimento do sem irmão Sam Drake, após 15 anos desaparecido. O tesouro que procuram é do conhecido pirata Henry Avery. Nesta aventura vamos passar por vários países, ver ter cenas de ação diabólicas, com especial destaque para perseguições de jipe, onde tudo está acontecer ao mesmo tempo. Explosões, tiros, motos, carros blindados e tudo sempre prego a fundo. Como faz parte deste jogo, o enredo é excelente e vão acontecer muitas surpresas inesperadas. É um jogo indispensável para todos aqueles que gostam das aventuras do Indiana Jones. Aliás, a estreia de Uncharted o filme está marcada nos cinemas para 17 de fevereiro com Tom Holland a fazer de Nathan Drake, Mark Wahlberg de Victor Sullivan, Antonio Banderas é o vilão e Sophia Taylor Ali de Chloe Frazer.

Uncharted: The Lost Legacy, que saiu em 2017, é uma aventura diferente das restantes, porque agora as protagonistas são a caçadora de tesouros Chloe Frazer, a mercenária Nadine Ross e o caçador de tesouros Sam Drake. A jornada vai ser em torno da lendária Presa de Ganexa e vamos explorar as montanhas da Índia numa altura conturbado devido à guerra que afeta a região. A beleza das paisagens que vamos encontrar na Índia são deslumbrantes, as florestas, as ruinas das culturas anteriores são incríveis e com dimensões impressionantes. A fórmula da «franchise» prossegue inalterada, com múltiplos puzzles para decifrar, muitos saltos para chegar aos sítios, gigantes cenas de acção a pé ou de jipe. Muita diversão e diálogos interessantes e é claro surpresas inesperadas na história.

Aqui fica o trailer do lançamento de Uncharted: Coleção Legado dos Ladrões, que já está disponível na PS Store e lojas habituais: