«Barcelona com Messi levou 2-8 do Bayern»

BENFICA 28-09-21 3:33
Por Redação

Jorge Jesus argumentou que, apesar da saída de Lionel Messi, o Barcelona continua a ser uma das «equipas mais fortes da Europa e do Mundo».

«Hoje o Barcelona não tem Messi, mas não deixa de ser uma equipa forte. Na minha carreira fiz três jogos contra o Barcelona, dois pelo Benfica e outro pelo rival (Sporting). Num desses jogos Messi não jogou e empatámos 0-0. Qualquer equipa do Mundo fica mais forte com Messi, mas isso não desvaloriza o Barcelona», disse na antevisão ao encontro de quarta-feira (20 horas), no Estádio da Luz, referente à segunda jornada do Grupo E da Liga dos Campeões.

E recordou que esta época o Barcelona sofreu apenas uma derrota: «Com o Bayern, mais nada. (…) É verdade que, não tendo Messi, não está tão forte. Mas não deixa de ser uma equipa com ambição de ganhar a Champions. Não vejo uma equipa que passou do oito ao oitenta porque perdeu Messi. Esta época só perdeu com o Bayern. Mas quando tinha Messi também perdeu 2-8 com o Bayern.»

Sobre a filosofia do Barcelona: «Tem uma forma de jogar que faz parte do clube há muitos anos, desde que Cruyff foi treinador. Tem uma cultura de ataque posicional e, mesmo na formação, esse sistema é trabalhado. Todos os jogadores sabem da filosofia da equipa com bola. É modificada em função da qualidade dos jogadores e, a partir do momento em que teve Messi, essa filosofia tem vindo a melhorar, apesar de na história ter tido outros grandes jogadores como Maradona, Romário, Ronaldinho ou Figo. Depende da qualidade individual dos jogadores, o que não muda é a qualidade e a ideia de jogo apesar de ter o jogador A ou B. É preciso organização defensiva para não deixar o Barça jogar entre linhas. Ao longo dos anos fui aprendendo que, se queres ganhar, tens de ter a bola.»