«Níveis de fadiga muito altos»

BOAVISTA 27-09-21 11:39
Por Redação

João Pedro Sousa, treinador do Boavista, lamentou a quebra física da equipa na segunda parte diante do Estoril, que terminou 1-1: «Na primeira parte tentámos controlar o jogo frente a uma equipa muito difícil. Fomos encontrando espaços e criámos alguns problemas. Na segunda parte não conseguimos e tivemos dificuldades. A equipa começou a ficar muito curta, a revelar níveis de fadiga muito altos. Permitimos ao adversário ter a bola e basta um lance para sofrer um golo. Tentámos responder mas não conseguimos alterar o resultado.»