Adjunto na seleção foi assaltado e levaram-lhe 5.600 euros

ARGENTINA 21-09-21 2:41
Por Redação

Roberto Ayala, antigo defesa internacional pela Argentina e que atualmente é adjunto de Lionel Scaloni na seleção daquele país, foi vítima de assalto enquanto conduzia num bairro nos arredores de Buenos Aires.Segundo informação avançada pelo site infozc.com, o veículo foi travado por três pessoas, que provocaram furos nos quatro pneus.Ayala, 48 anos, teve uma pistola apontada e acabou por perder o telemóvel e todo o dinheiro que tinha consigo, alegadamente 650 mil pesos (cerca de 5,6 mil euros).Enquanto jogador, recorde-se, Ayala passou por clubes como River Plate, Napóles,  Milan, Valência,  Villarreal e Saragoça.