Covid-19 lança dúvidas nas equipas, incluindo Volta ao Algarve

CICLISMO 20-01-21 8:27
Por Fernando Emílio

Na sequência do cancelamento do Tour Saudita e Tour de Omã devido a emergência sanitária e aos confinamentos provocados pela covid-19 na maioria dos países europeus, a Associação Internacional de Grupos Profissionais de Ciclismo (IAGCP), que engloba as equipas WorldTeams e ProTeams, decidiu questionar a UCI sobre as condições sanitárias e envolventes, em que vão ser disputadas as competições nos meses de janeiro e fevereiro.

Em causa estão as provas programadas para Bélgica, Espanha, França e Portugal, países abrangidos por delicadas situações provocadas pela pandemia.

As competições em questão são Volta a Valência masculina e feminina, Clássica de Almeria e Volta a Andaluzia em Espanha, Etoile de Bességes, Tour de Provence, Tour dos Alpes Marítimos em França, Volta ao Algarve e as clássicas Omloop Het Nieuwsblad e Kuurne-Bruxelas-Kuurne na Bélgica, a situação também é extensiva ao Tour dos Emirados Árabes Unidos, primeira prova do calendário World Tour.

As questões colocadas pela AIGCP vão ser analisadas pelo presidente da UCI David Lappartient e pelo Conselho do Ciclismo Profissional presidido pelo belga Tom Van Damme, admitindo-se a possibilidade de ser decretado um adiamento das competições.

Leia mais na edição impressa ou digital de A BOLA