Mourinho lamenta: «Tínhamos de matar o jogo»

TOTTENHAM 13-01-21 10:28
Por Redação

José Mourinho não escondeu a desilusão por ter deixado escapar a vitória frente ao Fulham (1-1) e lamentou a falta de eficácia dos seus jogadores.

«Na primeira parte Alphonse Areola fez defesas impossíveis e mais algumas no segundo tempo. Tínhamos de matar o jogo e não conseguimos. Era preciso não cometer erros e o golo do Fulham (Ivan Cavaleiro) era evitável. Os defesas estão lá e nem existia vantagem numérica. Tivemos maus resultados e poderíamos ter evitado este», realçou o treinador português, em declarações à BBC.