Taremi sabe detonar o Bessa

FC PORTO 23-09-20 3:30
Por Pedro Cadima

Sérgio Conceição provou a sua fidelidade aos jogadores mais antigos do plantel na primeira jornada da Liga, procurando medir com algum cuidado a entrada dos reforços, numa altura que importa não ferir as rotinas da equipa.

Mas se Taremi já era um nome cogitado para o primeiro onze da época, os escassos minutos com o SC Braga produziram com mais força essa impressão, essa nítida sensação que Taremi tem recursos para caber em qualquer plano de ataque do FC Porto versão 2020/21.

O dragão prepara o dérbi da Invicta com essa questão bem presente. Muitos suspiram pela titularidade do internacional iraniano e caberá a Sérgio Conceição perceber se reúne condições para ser escalonado no onze frente ao Boavista, havendo também que enquadrar Luís Díaz (regressa após castigo). Taremi pode encaixar com Marega num ataque à profundidade, implicando reduzir o contingente tático no miolo.

Taremi está motivadíssimo, o impacto do seu rendimento está à vista e as memórias do Boavista também são as melhores, já que foi no Bessa, há dois meses, na última jornada da Liga, que bisou e selou o apuramento do Rio Ave para a UEFA. Contra a pantera, aliás, foram três os golos do dianteiro, que só fez melhor na época passada contra o despromovido Aves. Jogando de início, ou não, Taremi terá seguramente minutos para engrandecer o seu papel no FC Porto. O Irão vai voltar a parar para ver a sua estrela e, depois de ganho um penálti, é de golos que todos querem falar nas ruas de Teerão ou Bushehr.