«Não posso recriar o que David Silva fazia»

MANCHESTER CITY 22-09-20 10:56
Por Redação

Kevin De Bruyne rejeitou o papel de ‘novo’ David Silva, influente médio que deixou o Manchester City, após uma década no clube, para regressar a Espanha via Real Sociedad.

«David Silva foi um jogador incrível para o clube, não posso recriar o que ele fazia. Tenho de ajudar a equipa de mesma forma como sempre fiz. Cada um joga com as qualidades que tem. Claro, foi difícil porque David Silva era o mestre em espaços curtos, mas temos jogadores que podem fazer esse papel», afirmou o internacional belga, assumindo que David Silva fará falta ao Manchester City, «tanto dentro, como fora do campo».

De Bruyne falava à Sky Sports após o triunfo (3-1) sobre o Wolverhampton, da segunda jornada da Premier League: «A minha posição depende da forma como os adversários jogam. Os wolves jogam com três centrais, por isso, o nosso treinador queria fazer pressão alta e jogar pelo seguro, com dois médios defensivos. Temos muitos jogadores de atraque, só tenho de os servir e eles podem fazer o resto.»

Apesar de ter terminado a partida com um golo e uma assistência, tendo ainda sofrido a falta que deu origem a uma grande penalidade a favor citizens, De Bruyne assegurou que não está preocupado com estatísticas:

«Prefiro ter cinco golos e cinco assistências e terminar a época com o título. Há muitas formas de ajudar a equipa. Sou médio, mas percebo que hoje em dia as estatísticas contam muito. De forma ou de outra, quero ajudar. É isso que estou a tentar fazer», rematou.