Fórmula de três centrais para travar os dragões

SC BRAGA 16-09-20 9:14
Por Redação

O SC Braga deve apresentar-se em campo com três defesas-centrais na deslocação ao terreno do FC Porto, sábado, no arranque da Liga.

Foi com essa fórmula que na época passada, com Rúben Amorim no comando, os guerreiros do Minho foram ganhar ao Dragão (2-1); e foi assim que o Rio Ave de Carlos Carvalhal foi empatar nesse palco (1-1).

Durante a pré-temporada viu-se o conjunto bracarense adaptado a uma defesa formada por dois laterais e dois centrais, ou apenas com três elementos no eixo, apoiados nas alas por dois elementos com mais liberdade para atacar; e essa deve ser a solução escolhida por Carlos Carvalhal para o arranque do campeonato.

Leia a notícia na íntegra na edição impressa ou na edição digital de A BOLA