Rennes a torcer por Shakhtar e Sevilha para garantir feito inédito

LIGA EUROPA 10-08-20 11:20
Por Redação

Terceiro classificado do campeonato francês, o Rennes está particularmente atento ao desenrolar dos quartos de final da Liga Europa. Dependendo do vencedor da segunda prova europeia de clubes, o emblema bretão pode garantir o acesso direto à fase de grupos da Liga dos Campeões, pela primeira vez na história.

Para isso, precisa que o conjunto que levante o troféu já tenha garantida a presença na Champions via campeonato. Uma situação que pode ficar já definida esta terça-feira se o Sevilha (defronta o Wolverhampton de Nuno Espírito Santo) e o Shakhtar Donetsk (de Luís Castro que joga com o Basileia) se apurarem para as meias-finais, juntando-se ao Manchester United e Inter de Milão, fazendo um quarteto de equipas que já garantiram a qualificação para a Liga dos Campeões na competição doméstica.

Isto porque a UEFA atribuiu uma vaga na prova milionária ao vencedor da Liga Europa. Caso este já tenha garantida a participação na Liga dos Campeões pela classificação do campeonato nacional, a vaga passa para o terceiro classificado do quinto país do ranking europeu, neste caso a França.