Rúben Amorim terá nova função

SPORTING 13-07-20 8:46
Por Irene Palma

Rúben Amorim não vai poder ser inscrito como treinador adjunto, como agora consta na Liga - registado como principal está Emanuel Ferro, detentor do nível 4 da UEFA -, uma vez que, tal como A BOLA noticiou ontem, a nova lei, que entrou em vigor em março, vai obrigar a que um treinador de 4.º grau só possa ter como adjunto um técnico de 3.º grau. Ora o treinador do Sporting possui apenas o segundo nível e, nesta altura, tem interrompido o curso UEFA A para o qual se inscreveu, na Irlanda do Norte, devido à pandemia de Covid-19.

O facto de estar inscrito nessa formação, de resto, levou a que Rúben Amorim não se tenha inscrito no curso UEFA Pro promovido pela Federação Portuguesa de Futebol, ao contrário de, por exemplo, Filipe Celikkaya, técnico da regressada equipa B dos leões, que faz parte da lista de 40 treinadores admitidos pela FPF e dados a conhecer no sábado.