Henry junta-se aos protestos: «Chega. Temos de mudar»

CANADÁ 03-06-20 6:30
Por Redação

Thierry Henry juntou-se às vozes do mundo do desporto que contestam a morte de George Floyd. O antigo internacional francês de 42 anos deixou uma mensagem emotiva no Twitter.

«Chega. Temos de mudar de forma urgente, temos de exigir essa mudança e, mais importante, temos de merecer essa mudança. Façam acontecer. Porque não nos aplicamos de forma a erradicar o racismo da nossa sociedade? Dura há demasiado para ser tolerado pela nossa sociedade», desabafou o treinador dos Montreal Impact.

Recorde-se que George Floyd, um cidadão afro-americano, foi morto na passada segunda-feira pela polícia de Minneapolis. Em causa estava a detenção por tentativa de pagamento com uma nota falsa.