Covid-19: casos quadruplicam no país africano

GUINÉ-BISSAU 30-03-20 12:11
Por Redação

O antigo ministro e atual assessor do ministro da Saúde da Guiné-Bissau (António Deuna), Tumane Mané, confirmou na noite de domingo na televisão pública do país, em Bissau, que o número de infetados no país pelo Covid-19 quadruplicou de dois para oito, e há ainda dez análises de casos suspeitos a aguardar resultados no Laboratório Nacional de Saúde Pública.

O responsável do governo de Nuno Nabian salientou terem sido testados 33 cidadãos na semana que neste dia terminou, com seis casos positivos (dez ainda aguardam resultado).

Os primeiros casos de Covid-19 confirmados no país, onde o autoproclamado presidente Emaro Embaló decretou no dia 27 do corrente mês o estado de emergência – fronteiras, escolas, estabelecimentos foram encerrados, dever de confinamento social e quarentena imposto nesse âmbito, com os comerciantes a poderem apenas vender bens de primeira necessidade bem cedo, entre as 7 e 11 horas da manhã, apenas -  foram importados, de um indiano e um congolês, recordou.