OMS agradece «sacrifício» com o adiamento dos Jogos Olímpicos

JOGOS OLÍMPICOS 25-03-20 11:44
Por Redação

O diretor geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) agradeceu, esta quarta-feira, ao Comité Olímpico Internacional (COI) e ao primeiro-ministro japonês o «sacrifício» que fizeram ao avançar com o adiamento dos Jogos Olímpicos Tóquio-2020. 

«Agradeço ao primeiro-ministro Shinzo Abe e aos membros do COI por terem feito esse sacrifício para proteger a saúde dos atletas, dos espectadores e dos membros da organização», afirmou Tedros Adhanom Ghebreyesus, em conferência de imprensa.

«O adiamento dos Jogos foi decidido inteira e unicamente pelo COI e pelo Governo japonês», salientou, por sua vez, o responsável da OMS para Emergências Sanitárias, Mike Ryan, reconhecendo, contudo, que esta organização apoia «plenamente» a decisão do adiamento.