Argentina suspende repatriamento de cidadãos

COVID-19 25-03-20 11:24
Por Redação

O Presidente da Argentina, Alberto Fernández, suspendeu esta quarta-feira o repatriamento dos cidadãos que se encontram fora do país, devido à pandemia de Covid-19, que já provocou 387 infetados e oito vítimas mortais naquele país. 

«Por agora, decidimos não repatriar mais pessoas, e instruí o ministro dos Negócios Estrangeiros [Felipe Solá] para que apoie com os recursos existentes no exterior até novas ordens em contrário», começou por dizer Alberto Fernández. 

«De imediato, e salvo algum caso excecional, vão ter de esperar o momento do seu regresso», acrescentou o chefe de Estado argentino, explicando ainda que as entradas pelas fronteiras [terrestres] também estão suspensas.

Questionado sobre o eventual encerramento do aeroporto internacional Ministro Pistarini, o mais importante do país, o Presidente respondeu: «Não é questão de encerrar, mas simplesmente não estará operacional porque não se estão a autorizar voos.»