Clube quer resgatar SAD a Wei Zhao

AVES 17-03-20 7:49
Por Pedro Barros

Os últimos problemas de tesouraria da SAD do Aves, que se encontra sob a gestão de Wei Zhao, têm exposto o emblema a um impacto negativo na sua imagem e credibilidade. Face a esta situação, a Direção do clube posicionou-se na tentativa de erradicar o problema.

O crédito que o empresário chinês gozou diante do executivo do emblema avense esgotou-se.

Ainda há dias, e perante a exposição pública dos vencimentos em atraso ao plantel profissional e à equipa sub-23, o presidente do clube, Armando Silva, ameaçou com «ações mais contundentes» para que o Aves possa sair «deste pesadelo o mais rápido possível».

Segundo A BOLA apurou, uma dessas iniciativas radicais que está a ser preparada com extremo rigor passa pelo resgate da SAD, ficando o clube com a gestão da sociedade desportiva.

A SAD do Aves foi constituída a 25 de  agosto de 2015 - de 17 de junho de 2013 até essa data era gerida sob a forma de SDUQ - e, desde logo, ficou definido em vários documentos que em caso de determinados incumprimentos, o clube poderia retirar o poder a acionistas e ficar com a SAD.