Estado do Rio de Janeiro condenado a pagar €644 mil a Djokovic

TÉNIS 17-01-20 9:37
Por Redação

O estado do Rio de Janeiro foi condenado a pagar três milhões de reais, cerca de 644 mil euros, a Novak Djokovic por um encontro de exibição para o qual o sérvio foi contratado, sem que recebesse a totalidade do valor acordado. 

O atual número dois do ranking mundial esteve no Rio de Janeiro em 2012, a convite do governo do estado, para uma série de atividades. Entre elas, inaugurar courts em projetos sociais, fazer um encontro de exibição com o brasileiro Gustavo Kuerten, no Maracanãzinho, e participar num jogo de futebol.

De acordo com a decisão judicial, publicada esta sexta-feira pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, além dos três milhões de reais (644 mil euros) que o Governo regional deve ao tenista, deverão ser pagos os respetivos juros, a correção monetária pelos quase sete anos de atraso no pagamento e 5 por cento adicionais referentes a honorários dos advogados.