Angela Merkel volta a liderar ranking das mulheres mais poderosas do mundo

INTERNACIONAL 12-12-19 5:51
Por Redação

A Forbes, considerada a mais conceituada revista de negócios e economia do mundo, divulgou, esta quinta-feira, a lista das 100 mulheres mais poderosas do mundo.

A chanceler alemã, Angela Merkel, volta a liderar o ranking, pela nona vez, seguida de Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu, e Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Representantes dos EUA.

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, ficou em quarto lugar e a norte-americana Mary Barra, diretora executiva da General Motors, em quinto.

Entre as 100 mulheres mais poderosas, destacam-se algumas personalidades conhecidas pelo público.

A apresentadora norte-americana Oprah Winfrey ocupa o 20.º lugar, a Rainha Isabel II de Inglaterra está em 40.º, Ivanka Trump (mulher de Donald Trump) em 42.º - as cantoras Rihanna ocupam o 61.º, Beyoncé o 66.º e Taylor Swift o 71.º.

A fechar a lista encontra-se a ativista sueca Greta Thunberg.

Uma curiosidade: o top 10 da edição de 2019 não difere muito da de 2018 - Nancy Pelosi entrou no top 3, enquanto Theresa May, a antiga primeira-ministra britânica saiu.

Susan Wojcicki, CEO da plataforma YouTube, passou do 7.º lugar para 12.º, tendo descido cinco posições.