«Luís Díaz será um dos melhores do mundo»

FC PORTO 09-10-19 11:33
Por Redação

Gabriel Fuentes, lateral-esquerdo do Júnior, de 22 anos, é o verdadeiro ‘parce’ de Luís Díaz. Os dois fizeram exatamente o mesmo percurso, diamantes recentes de um clube cujo a maior lenda é Valderrama e no qual jogou por uma vez Garrincha.Fuentes e Díaz partilham a mesma idade, as mesmas raízes guajiras e peninsulares, cresceram na filial do Júnior Barranquilla, o Barranquilla FC, subiram à primeira equipa e cravaram marca vencedora em três troféus ganhos pelo clube costeño em dois anos, o lateral com 66 jogos, o extremo com 81. Cúmplices no sucesso e na banda esquerda, formaram um flanco diabólico para os adversários…numa chama e ligação também trabalhada ao serviço da seleção sub-20 da Colômbia. 

«Marcou diferenças pelo seu drible e o estilo de jogo muito vistoso. Temos amizade forte, o Lucho é uma pessoa nobre, sempre alegre e isso ajudou-nos a comunicarmos e a entendermo-nos na perfeição no campo», explica Fuentes, reconhecendo o talento galvanizante do agora extremo dos dragões. 

«Ele ajudou muito o Júnior com os seus golos, sempre que a equipa necessitava ele marcava ou assistia, com essa facilidade incrível de sacar um jogador da frente. Foi muito importante para conseguirmos duas finais», acrescenta Fuentes, convencido do passo triunfal de Díaz ao chegar ao FC Porto. 

«Tinha o sonho de chegar a uma equipa importante fora do nosso país e está feliz porque o sonho concretizou-se. Entrou num clube onde vários colombianos fizeram história. Ele vai manter esse legado», garante, assegurando a capacidade de Díaz conquistar o mundo. 

«Está recheado de qualidades, é muito centrado no que faz e com a experiência que vai adquirindo, não tenho dúvidas que será nomeado para um dos melhores do mundo. Tem muito para dar!», confessa Fuentes, enaltecendo as origens de Luís Díaz como preciosas nesta grandiosa viagem. 

«É muito extrovertido, sem complicações, apaixonado no que faz. O facto de ser ‘guajiro’ dá-lhe essa tenacidade de nunca se dar por vencido», aclara Fuentes, inseparável de Díaz em cada treino e nas comemorações dos muitos golos que ambos lograram.