Elsa García diz ter sido vítima de maus-tratos por parte dos treinadores

GINÁSTICA 09-10-19 9:27
Por Redação

A ginasta Elsa García divulgou, esta quarta-feira, que foi vítima de maus tratos por parte dos seus selecionadores, Eric Demay e a sua mulher Cecile Pellerin Demay, através de um vídeo que partilhou nas suas redes sociais.

A atleta, de 29 anos, denunciou ter sido vítima de «agressões físicas, psicológicas e verbais» durante «todo o processo de treino rumo ao Mundial, Copa do Mundo e nos treinos prévios ao Mundial da Estugarda por parte dos selecionadores Eric e Cecile Demay».

A campeã olimpica da América Central também reportou que o casal provocou «um ato de vingança pessoal» ao deixá-la de fora do 'all around' do Mundial de Estugarda, o que não permitiu que a ginasta pudesse ter a oportunidade de se classificar para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

«É muito triste que existam estas injustiças no mundo do desporto e espero que nenhum outro ginasta mexicano sofra as mesmas injustiças que que eu vivi», lamentou a ginasta.

.

Elsa García divulgou ainda um vídeo no qual o selecionador Eric Demay deixa cair um material pesado perto dos pés de Elsa.