Investigação sobre corrupção leva à detenção de empresário de Courtois

BÉLGICA 11-09-19 12:49
Por Redação

Uma investigação sobre corrupção no futebol, liderada pela polícia de Bruxelas, culminou na detenção de duas pessoas. Entre elas está Christophe Henrotay, representante de vários jogadores como Thibaut Courtois, guarda-redes do Real Madrid.

O outro detido é um assistente de Henrotay, cuja empresa está sedeada no Mónaco, onde decorreram várias buscas numa operação que se estendeu a Londres e a várias localidades da Bélgica.

Foi a transferência do sérvio Aleksandar Mitrovic do Anderlecht para o Newcastle, no verão de 2015, que levantou suspeitas, mas a polícia acabou por suspeitar de «branqueamento de dinheiro e corrupção» noutros negócios com futebolistas. Dos sete suspeitos apenas dois foram detidos esta quarta-feira.

Além de Courtois, Henrotay gere igualmente a carreira de futebolistas como Yannik Carrasco (Atlético Madrid) e Kevin Mirallas (Antuérpia).