NY Times cancela publicação de cartoons após polémica com desenho de português

ESTADOS UNIDOS 12-06-19 8:28
Por Redação

O jornal norte-americano The New York Times decidiu pôr termo à publicação de cartoons na sua edição internacional, depois de mais de um mês de polémica e de ter sido acusado de publicar um cartoon anti-semita.

Em causa um desenho do cartoonista português António - um Donald Trump cego guiado por um cão com a cara do primeiro ministro israelita Benjamin Netanyahu, sendo que a coleira ostenta a estrela de David - foi aqui que o desenho foi acusado de ser anti-semita.

No início de maio, a direcção do jornal pediu desculpa pela publicação e justificou-se dizendo que tinha sido o resultado da decisão isolada de um editor, que não reconheceu o potencial de leitura anti-semita, referindo ainda que os cartoons são adquirisos através de uma empresa que trabalha com vários cartoonistas internacionais, entre eles António (António Moreira Antunes).

A direcção de informação pediu desculpa e explicou que, a partir de 1 de Julho, a edição internacional irá adoptar a mesma linha da edição nacional, que também não publica desenhos humorísticos. James Bennet, responsável pela página de artigos de opinião, sublinhou ainda que há mais de um ano que o jornal pensava em acabar com este tipo de publicação.