«Vítor Oliveira é inquestionável»

PAÇOS DE FERREIRA 21-04-19 10:6
Por Pedro Cadima

Paulo Meneses, presidente do Paços de Ferreira, não desfaz para já a incerteza na continuidade de Vítor Oliveira, homem que já valeu 11 subidas, duas aos castores, que, por norma, prefere projetos de subida a desafios de permanência.

«Ainda estou na ressaca deste grande momento, da euforia de uma subida que era muito importante para o clube. Estamos tranquilos. Não é isso que me preocupa nesta altura. Vamos esperar mais algumas jornadas e penso que tudo ficará esclarecido antes do Campeonato terminar. Ainda queremos ser campeões da Liga 2», disse o dirigente, ciente de necessárias conversações com o técnico e iminentes avanços de rumo diretivo.

«Há uma preocupação nossa com o que possa ser melhor. Tem havido conversas regulares, mas há aqui situações pendentes, há um ato eleitoral em maio, que faz com que pondere a minha posição e porque podem surgir outros candidatos, isto embora ache também que o Vítor Oliveira é inquestionável seja qual for o presidente. Mas ele pode ter as suas ideias e os seus objetivos. Não podemos contrariar isso», reconhece Paulo Meneses, pronto a apalpar todas as possibilidades.

«Ainda estou inseguro sobre o que será mais viável. Qualquer cenário está em aberto», acrescentou.