Bruno Lage conquista jogadores

BENFICA 11-01-19 10:42
Por Redação

Teste de fogo para o Benfica esta tarde em São Miguel, nos Açores, mas também prova dos nove para Bruno Lage, treinador de 42 anos, que há uma semana assumiu o comando técnico - para já de forma provisória - na sequência da saída de Rui Vitória. E uma semana depois já se notará o dedo de Lage na forma como o Benfica se apresentará em campo? É essa a grande interrogação que os benfiquistas esperam ver respondida contra um adversário que pratica bom futebol.

A avaliar pelos ecos que vão chegando da caixa forte do Seixal, a reação do plantel encarnado à forma como Bruno Lage tem assumido o cargo a que foi desafiado tem sido bastante favorável. Para quem não o conhecia - como era o caso da maioria dos jogadores - a forma como se integrou na equipa, sem grandes alaridos, com uma forma de comunicação franca, aberta e frontal, causou mesmo alguma surpresa pela positiva. Bruno Lage levou para a equipa principal os métodos de trabalho que aplicava com os jovens da equipa B, necessariamente com um ou outro pormenor adaptado à maior exigência da competição.

Uma das mudanças em relação a Rui Vitória tem a ver, por exemplo, com a intensidade dos treinos. Lage levou uma maior intensidade para o relvado, treinos mais específicos onde se preocupa fundamentalmente em pedir rigor e posse de bola. Quer acabar (ou tentar pelo menos) com o estilo de jogo em que a equipa fazia dois, três toques e a bola era perdida para o adversário. Entende que por aí poderá residir um dos pecados que leva a equipa a correr demasiados riscos e sofrer muitos golos estando exposta ao contra ataque. A posse de bola tem sido, então, um dos pilares que durante esta semana mais trabalhou.

Em sentido inverso ao que Rui Vitória praticava, Lage é visto como um bom conversador. Fala frequentemente com os jogadores, individualmente ou em grupo, em pleno relvado, sempre de forma serena e educada, dizem-nos. Incentiva os jogadores a darem tudo, a não desistirem mesmo perante as adversidades. Introduziu também alguns novos exercícios nos treinos.

Internamente, a possibilidade de Bruno Lage permanecer no cargo pelo menos até final da época ganhou força e consistência também perante os sinais positivos que chegam do balneário. Luís Filipe Vieira tem estado em permanência nos últimos dias junto do plantel e as reações dos jogadores à forma como o trabalho tem sido desempenhado tem deixado o presidente encarnado… tranquilo perante a opção que adotou de deixar sair Rui Vitória.