«Combate ao cibercrime com magistrados especializados em todo o país» - Público

Revista de Imprensa 10-02-2019 09:05
Por Redação

«Procuradora-geral da República determinou criação de uma rede nacional “robusta, formal e interventiva” para combate a um tipo de crimes cada vez mais exigente em termos de investigação.

 

A Procuradora-geral da República, Lucília Gago, ordenou a criação de uma rede nacional de procuradores especializados em cibercrime e prova digital. Objectivo: um combate mais eficaz contra um tipo de ilícitos que “traduzem actuações concretas tecnicamente complexas e sofisticadas”.

 

“As exigências de especialização na investigação de criminalidade informática ou de outros ilícitos que suponham, de forma complexa, a obtenção de prova digital apontam para uma configuração mais robusta, formal e interventiva da rede de pontos de contacto por forma a que a estes magistrados especializados sejam, sempre que possível, privilegiadamente, distribuídos inquéritos destas temáticas”, diz a nota de serviço V19 que cria a Rede Cibercrime, datada de 16 de Janeiro deste ano.»

Ler Mais

Últimas Notícias