Nova polémica em redor de Júnior Sena deve redundar em rescisão

Académica 03-05-2019 21:10
Por Eduardo Pedrosa Marques

O jogo em Famalicão foi no dia 13 de abril mas a polémica continua. Referimo-nos, claro está, ao «caso Júnior Sena». O jogador, recorde-se, recusou entrar em campo nessa partida da 29.ª jornada – na altura a Briosa jogava uma cartada decisiva na luta pela subida de divisão mas a derrota (0-2) acabou com as esperanças dos estudantes – e logo pairaram no ar bastantes dúvidas relativamente à posição do jogador.

 

Falou-se, nos dias seguintes, que Júnior Sena havia alegado problemas físicos para não constar dos eleitos de João Alves. O jogador afirmou ao treinador não estar disponível para ir a jogo poucos minutos antes do início da partida, algo que deixou os dirigentes da Académica bastante incomodados.

 

Em consequência, a Direção liderada por Pedro Roxo fez de tudo para escalpelizar a situação e o próprio presidente do clube esteve reunido com Júnior Sena. O extremo cabo-verdiano voltou a dizer que estava lesionado, razão pela qual não poderia dar o seu contributo à equipa, e a Académica até ofereceu ao jogador a renovação do contrato.

 

Esta sexta-feira, porém, houve dados novos. Primeiro foi João Alves, em conferência de Imprensa. «Enquanto eu for treinador da Académica, O Júnior Sena não volta a jogar. Quando iniciámos esta aventura, colocamo-nos numa mota atrás de alguns adversários. Um deles era o Famalicão. Quando fomos lá jogar tínhamos que ganhar. Ando há muitos anos no futebol, tanto como jogador como treinador, e nunca me tinha acontecido uma situação como aconteceu nesse jogo. O que eu quero dizer é que me sinto traído. Quando eu cheguei o Júnior era um jogador normalíssimo e depois tornou-se num excelente jogador», afirmou.

 

Depois disso, durante a tarde, a Top Elite Athletes Management, empresa que representa o jogador também teceu declarações públicas, através de um comunicado que pode ler em baixo:

 

 

Já ao início da noite, também a Académica emitiu um comunicado oficial sobre este assunto:

 

 

Com o extremar total de todas as partes envolvidas no processo, o cenário mais que provável será mesmo a rescisão de contrato. Esta decisão deverá ser tornada oficial nos próximos dias.

 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias