«Não é qualquer pessoa ou organismo que ataca o Benfica»

Benfica 12-09-2018 14:04
Por Redação

Varandas Fernandes, vice-presidente do Benfica, vê na punição de um jogo à porta fechada mais um exemplo do ataque «inexplicável e injusto» de que está a ser alvo o clube da Luz.

 

«Quando é atacado da forma como tem sido nos últimos tempos, o Benfica defende-se respeitando a lei e de forma que considera ajustada, com princípios e argumentos. O Benfica é um clube com muita história, com muitos pergaminhos e que já deu muito ao País. É um clube com tradição e não é qualquer pessoa ou organismo que ataca o Benfica como temos sido atacados nos últimos tempos, de forma completamente inexplicável e injusta», vincou, em declarações à Renascença.

 

O Benfica acionará todos os meios legais para reverter a decisão do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol.

 

«Se não for revogada esta decisão vamos recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto, e se não for revogada vamos ainda mais longe, ou seja, o Benfica vai acionar todos os meios legalmente ao seu dispor com vista a reverter esta decisão, que no nosso entender é contrária à lei, inexplicável e desajustada. Não pode haver dois pesos e duas medidas», argumentou Varandas Fernandes, concluindo com a mira apontada aos rivais:

 

«Lamento, de forma profunda, que haja situações noutros jogos… Vejo semanalmente situações de invasões, agressões, arremesso de tochas até para a própria equipa e nada acontece…»

Ler Mais
Comentários (207)

Últimas Notícias

Brasil

ATENÇÃO: Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais