Antigo Ministro Manuel Chang será extraditado para Moçambique

Moçambique 12:27
Por António Mavila, Beira

O antigo ministro das finanças e  deputado da Assembleia da Republica, Manuel Chang, vai ser extraditado para Moçambique e não para os Estados Unidos da America, segundo decidiu o ministro sul-africano da Justiça e de Serviços Correcionais, Michael Masutha.

 

O governante Sul Africano, disse que tomou a decisão depois de ter lido e analisado todos os documentos incluido o do pedido de extradição vindo dos EUA e conclui que Manuel Chang deve ser julgado no seu país.

«Com esta decisão a justiça será bem servida», disse Michael Masutha que dentro de dias vai terminar seu madanto como Ministro da Justiça da Africa do Sul.

Recorda-se que Manuel Chang se encontra detido na África do Sul desde 29 deDezembro de 2018, a pedido da justiça americana, apontado como sendo o principal responsável pelo caso das chamadas «dívidas ocultas», que, com a ajuda de banqueiros e empresários estrangeiros, e agentes moçambicanos, lesaram o Estado moçambicano em cerca de dois mil milhões de dólares.

 

A decisão da extradição de Manuel Chang, deixa satisfeito a Procuradora Geral da República, Biatriz Buchili, que afirmou ha dias na Assembleia da República, que a extradição da Chang para Moçambique, satisfazia os interesses de Moçambique, no caso das dividas ocultas, que qualquer outra decisão.

Ler Mais

Últimas Notícias