TERÇA-FEIRA, 25-07-2017, ANO 18, N.º 6387
Vasco Seabra
Paços de Ferreira
Vasco Seabra com dois objetivos em mente
11:43 - 07-07-2017
Vasco Seabra desvendou esta sexta-feira os dois objetivos do Paços de Ferreira para a nova temporada.

«O objetivo primordial passa pela manutenção, um segundo objetivo é ficar na primeira metade da classificação. É para aí que estamos focados», afirmou o treinador aos jornalistas.

«Este Paços dá garantias de dedicação, entrega e paixão», afiançou, adiantando esperar ainda por «um médio-centro e um homem para a frente para formar um grupo coeso.»

Rui Seabra, presidente da SDUQ dos pacenses, aponta a uma época sem sobressaltos.

«Temos um bom grupo de trabalho, jogadores ambiciosos e cientes da realidade. Época boa é alcançar a manutenção muito rapidamente. Conseguindo uma época tranquila, tudo pode acontecer», notou, pronunciando-se, ainda, sobre o futuro de Welthon:

«Tem contrato até 2020. Poderá sair se surgir uma proposta interessante, mas não a qualquer preço.»

O avançado brasileiro, não obstante o assédio de que está a ser alvo, mostra-se focado na época que se avizinha.

«Deixo esse assunto para o meu agente e para o clube. Estou focado no Paços de Ferreira e em fazer uma temporada ainda melhor que a anterior», frisou.
Pedro Cadima

comentários

1
Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter
Faça um comentário (máx: 300)
Académicas
07-07-2017 11:49
Precisa de defesa esquerdo um bem conhecido seu jogava nos juniores da académica á 3 anos e agora vai assinar pelo Nogueirense .

mais de PAÇOS DE FERREIRA

Paços de Ferreira O médio André Leal contraiu uma entorse no pé direito e saiu lesionado do amigável com o Feirense, disputado no Estádio Capital do Móvel. O jogador dos castores, que regressam ao trabalho apenas amanhã, será hoje reavaliado pelo departamento médico,
Jogo de preparação O P. Ferreira deslocou-se a Espinho e bateu o Sporting local por 3-0, no seu segundo jogo de preparação para a temporada 2017/2018. Os golos dos castores foram da autoria do português Raúl Almeida (18’ e 52’) e do brasileiro Luiz Phellype (45`).

destaques