QUINTA-FEIRA, 20-07-2017, ANO 18, N.º 6382
O novo estádio do Zenit (Foto AP)
Mundial 2018
Humans Right Watch denuncia exploração laboral sobre trabalhadores dos estádios
19:18 - 14-06-2017
A Humans Right Watch, organização que combate a violação dos direitos humanos por todo o mundo, divulgou, esta quarta-feira, um extenso documento no qual revela várias queixas de trabalhadores nos estádios que vão acolher o Mundial 2018, na Rússia.

Segundo a organização não-governamental, em seis dos 12 estádios que vão acolher a prova houve relatos de exploração laboral, como o atraso de vários meses no pagamento de salários, trabalho sob 25 graus negativos sem as devidas proteções para o frio extremo e ausência de contratos de trabalho.
Redação

comentários

0
Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter
Faça um comentário (máx: 300)

mais de MUNDIAL 2018

Mundial 2018 O jogador do Sporting Bryan Ruiz esteve em grande destaque pela seleção da Costa Rica, marcando o golo que valeu a vitória diante de Trindade e Tobago, em partida da fase de qualificação para o Mundial-2018. Um golo de se ver, diga-se. Bryan Ruiz
Mundial 2018 Confirmada a segunda participação consecutiva no Campeonato do Mundo, feito histórico alcançado com a seleção do Irão, Carlos Queiroz festejou a preceito e, no final do jogo com o Uzbequistão, até recebeu uma réplica do troféu atribuído pela FIFA aos

destaques