DOMINGO, 28-05-2017, ANO 18, N.º 6329
Internacional
Saiba quais são as equipas europeias que nunca desceram de divisão
09:40 - 19-05-2017
A Imprensa espanhola analisou os principais campeonatos e revelou quais são as equipas que nunca desceram de escalão. Em algumas Ligas surgem surpresas.

Lista das equipas que nunca desceram:

Portugal: Benfica, Sporting e FC Porto

Espanha: Barcelona, Real Madrid e Athletic

Itália: Inter

Alemanha: Hamburgo

Holanda: Ajax, PSV, Feyenoord e Utrecht

Grécia: PAOK, Olympiakos e Panathinaikos

Turquia: Fenerbahce, Besiktas e Galatasaray

Escócia: Aberdeen e Celtic.
Redação

comentários

16
Imprimir Enviar e-mail Facebook Twitter
Faça um comentário (máx: 300)
cromronaldo
23-05-2017 18:58
Bom o do salazar nao conta como pode descer com estado e corupçao atras??
Tombaparvos
22-05-2017 21:53
O FCP já desceu 2 vezes, mas o Salazar mandou alargar a liga essas 2 vezes para eles não descerem, as verdadeiras "Ligas Salazar"!
hummel37
20-05-2017 16:54
MacNaifas Nesse caso no tempo do Salazar o Benfica devia ter ido pra segunda divisão não 1 nem 2 vezes mas permanecer lá já seria mais que aquilo que merecem devido ás corrupções.Até 3 penaltis num único jogo o árbitro marcou para ver se o Benfica vencia o FCP por mais de x para vencer o campeonato
JustMartins
20-05-2017 14:03
Isto so prova que o Campeonato Portugues é só feito de 3 equipas, não é a toa que apenas 5 equipas venceram a liga.
Nigelkeke
20-05-2017 14:00
O Hamburgo já esteve por um fio nos 2 ultimos anos. Safou-se sempre no play-off, e este ano se ganhar amanhã safa-se, se não ganhar vai mais uma vez ao play-off. Como se costuma dizer, tantas vezes o cântaro vai há fonte que algum dia parte-se.
1234

mais de INTERNACIONAL

Internacional A Imprensa espanhola revela um onze com jogadores que estão em final de contrato com os respetivos clubes. Guarda-redes: Casillas (FC Porto). Defesas: Arbeloa (West Ham), Pepe (Real Madrid), John Terry (Chelsea), Clichy (Mancheste
Internacional A Croácia venceu este sábado o México por 2-1, em jogo particular disputado em Los Angeles, nos Estados Unidos, que consagrou Chicharito Hernández como o maior marcador de sempre da seleção mexicana. Os portistas Layun e Herrera foram titulares pelo

destaques